A banda sueca Roxette foi um dos maiores sucessos da música pop dos anos 90, graças ao seu icônico álbum Crash! Boom! Bang! lançado em 1994. O disco foi um sucesso estrondoso, vendendo mais de 5 milhões de cópias em todo o mundo e emplacando hits como Sleeping In My Car, Crash! Boom! Bang! e Run To You. Além disso, seu álbum anterior, Tourism, mostrou uma abordagem criativa e dinâmica ao gênero pop, incorporando elementos de rock, folk e música étnica.

A influência cultural da música de Roxette foi fundamental para a música pop internacional nos anos 90, introduzindo novas formas de composição que mesclavam elementos eletrônicos com instrumentos acústicos. O som único da banda trouxe uma nova sensação de energia e ritmo à música pop, combinando elementos de rock dos anos 80 com as batidas eletrônicas características dos anos 90.

Além disso, a popularidade de Roxette abriu novas oportunidades para artistas não-americanos na cena da música pop internacional. Eles tornaram-se um dos primeiros artistas suecos a quebrar barreiras nos mercados internacionais, levando sua música para todas as partes do mundo. Sua presença nas paradas de sucesso trouxe a influência da cultura do norte da Europa para as playlists dos fãs em todo o mundo.

Até mesmo hoje, a música de Roxette continua a ser uma influência na música pop. O som único da banda ainda é apreciado pelos fãs fiéis, enquanto novos artistas buscam inspiração nas faixas dos anos 90, incorporando alguns dos elementos musicais que tornaram Roxette tão populares em seus próprios trabalhos.

Portanto, pode-se dizer que a música de Roxette e seu álbum Crash! Boom! Bang! tiveram um amplo impacto na cultura pop internacional. Seu som único e abordagem criativa mudaram o panorama da música pop nos anos 90 e seu legado continua a inspirar artistas e encantar fãs em todo o mundo.